Um Canguru duradouro

Cada vez mais vejo o quanto é importante disseminarmos nossas produções, nossas ideias, nossos pensamentos.

O Prof. NelsonPretto, da UFBA, tem um projeto de pesquisa intitulado “Você é o o que compartilha”. Você já parou pra pensar nisso?

Que tipo de contribuição estamos deixando para esse mundo louco?

Bem, aos poucos, nos meus momentos de descanso [que tem sido reduzidos nos últimos meses (rs)], quero colocar na rede algumas das coisas que fiz, que vivi, e que acredito, podem contribuir com outras pessoas.

A cada relato que faço, a cada imagem que produzo e compartilho, me bate uma pequena angustia, um medo de que “roubem” essas ideias e as desvirtuem. Que as vendam, e façam com elas o que eu não quis fazer: explorá-las financeiramente. Não me importo que nada aqui contido seja usado, remixado, disseminado, mas peço que seja respeitado o crédito da autoria. Afinal, nada do que está aqui eu fiz sozinha. Como poderão ver pelos relatos, tive a sorte de estar cercada de pessoas boas, comprometidas e desinteressadas, foi assim que nasceu a Biblioteca Canguru.

Eu fui embora, a Biblioteca Canguru permaneceu. E permanece até hoje pelas mãos da Jane e de mais um monte de gente que sequer posso imaginar.

Vou confessar: eu fico com uma pontinha de orgulho por ter feito parte disso…

CONHEÇA UM POUQUINHO MAIS SOBRE A BIBLIOTECA CANGURU.

canguru_alegria

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Anna disse:

    Muito legal a Canguru continuar até hj. Embora eu não tenha trab nele, sei o qto é um projeto bacana por causa de vc e Jane.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s