Ser ou não ser FISL?

No período de 13 a 16 de julho de 2016, tive a felicidade de palestrar no FISL17 – 17º Festival de Software Livre no qual apresentei um pouco sobre o “Crianças Hackers: crianças e adultos aprendendo juntos“. Já estava bastante animada quando, poucos dias antes de pousar em terras gaúchas, fui comunicada que poderia  mostrar,…

Encontros e reencontros na 68ª SBPC

O congresso da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência é um importante encontro de pesquisadores, empresários, cientistas, estudantes, professores e sociedade civil em torno de temáticas relativas à ciência e tecnologia no nosso país. Tive a oportunidade de ir à 68ª reunião da SBPC, em Porto Seguro/Bahia, para representar o Raul Hacker Club, coletivo…

Estatísticas do blog 2015

Os duendes de estatísticas do WordPress.com prepararam um relatório para o ano de 2015 deste blog. Aqui está um resumo: Um comboio do metrô de Nova Iorque transporta 1.200 pessoas. Este blog foi visitado cerca de 5.800 vezes em 2015. Se fosse um comboio, eram precisas 5 viagens para que toda gente o visitasse. Clique…

No Museu da PUC Minas

Nesse final de ano tive uma bela surpresa ao levar as crianças para passear no Museu de Ciências Naturais da PUC Minas. Ali, as coisas inanimadas ganham vida pelas mãos dos profissionais responsáveis pelos acervos. Localizado em Belo Horizonte, o museu me pareceu muito bem organizado, acolhedor e interessante. As crianças se divertiram observando as…

Estudar, trabalhar e amar…

Estudar, trabalhar e amar… isso sim poderia render um best seller. Talvez a escrita desse best seller demorasse muitos anos, e sairia um pouco fragmentada, faltando uma ou outra parte. Talvez algumas partes viriam com manchas de tinta ou riscos coloridos de hidrocor. (Certa feita, um texto de um estudante desapareceu e quando o encontrei,…

Tecnologia: a palavra é feminina, a área nem tanto

Publicado originalmente no site do GEC em 13/03/2015 por kamenezes. by Karina Menezes Quando comecei na área tecnológica, deixei o ambiente de vendas para trabalhar com manutenção de hardware e implantação de redes. Lembro-me da expressão dos clientes ao se depararem com a imagem “do técnico” toda vez que eu aparecia para fazer um atendimento…

Creche é Direito e não Favor

Não é segredo que estou participando da campanha pela eleição dos Prof. Nelson Pretto e Angelo Serpa à reitoria da UFBA. Também não é segredo que o Prof. Nelson é meu orientador desde o mestrado, pessoa que muito admiro nos campos da produção intelectual e política, justamente porque ele une  esses campos em seu ativismo….

A sociedade em rede, Manuel Castells: mais um livro bacana!

Mais uma obra muito bacana sobre a sociedade atual. Vamos baixar??? (arquivo em PDF, 30 MB) Contribuição do colega Alberto! “Sociedade em Rede Sociedade em Rede, o primeiro volume da trilogia A Era da informação: Economia, sociedade e cultura, mapeia um cenário mediado pelas novas tecnologias de informação e comunicação – TICs – e como…

Cuidado, Escola! : o livro, imagens e teorias

Começou animada a aula de Projeto de Tese 2 com a Prof. Vera Fartes. Como parte das conversa-debate que começamos a tecer nesse primeiro encontro, me lembrei de um livro do qual gosto muito e, que faz parte de minha vivência na área de educação. O Livro Cuidado, Escola! traz uma convergência riquíssima entre texto…

Educação na URSS

Em consequência do debate salutar resultante da participação na disciplina Projeto de Tese 1, no curso de pós-graduação em Educação da FACED/UFBA,  o colega Flávio sugeriu um livro que aborda o estudo da educação física e pedagogia na URSS. Como o arquivo é muito grande, é complicado enviar por email, por isso, segue disponível nesse…

As histórias de transgressão de um apaixonado por Rádio

Conheci um professor difícil de tipificar. Já ouvi dizer que há professores sizudos, professores tradicionais, professores progressistas,  professores malucos, professores aloprados, professores bonzinhos… Não sei se o professor Mauro Sá Rego Costa, quando em sala de aula, se encaixaria em alguma tipificação dessas. O que sei é que, ao vê-lo narrar suas experiências com rádio…